Home / Sem categoria / Chuva forte rompe barragem e causa alagamento em cidade cearense

Chuva forte rompe barragem e causa alagamento em cidade cearense

Ruas da cidade de Assaré ficaram alagadas após o rompimento da barragem do Açude dos Montes
Ruas da cidade de Assaré ficaram alagadas após o rompimento da barragem do Açude dos Montes

Bombeiros do Cariri foram acionados para realizar atendimentos na Cidade. Prefeito de Assaré se reunirá com a Defesa Civil do Estado para montar cronograma de segurança

 As fortes chuvas na manhã de ontem no município de Assaré (distante 491 km de Fortaleza) causaram rompimento na barragem do Açude dos Montes e alagamento de casas e vias da Cidade. No local, houve desabamentos e muitas pessoas tiveram de abandonar as residências. O Corpo de Bombeiros do Cariri foi acionado para prestar socorro e atendimento à população.A chuva começou na madrugada de ontem e seguiu até a manhã. De acordo com dados do Calendário das Chuvas da Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme), entre as 7 horas de quinta-feira, 16, e as 7 horas de ontem, Assaré registrou chuvas de 88 milímetros (mm). “Mas provavelmente esse número é maior, já que a chuva continuou pela manhã”, analisa Raul Fritz, meteorologista da Funceme. A precipitação na Cidade foi a segunda maior do Ceará no período, atrás apenas do acumulado em Altaneira (120,7 mm).

De acordo com Fritz, a última vez que houve ocorrência semelhante na região foi em 2004. O meteorologista explica que as chuvas foram causadas por conglomerado de nuvens convectivas mais desenvolvidas.

Carros chegaram a boiar nas vias alagadas nos bairros Corjas e Populares, em que o Açude dos Montes está situado. “O açude rompeu e algumas residências ficaram alagadas, com pessoas desalojadas. As pessoas solicitaram a Polícia e foi necessário reforço dos bombeiros de outras cidades”, resumiu o escrivão Carlos Pereira, da PM de Assaré. Os bairros mais atingidos foram Alto do Zé Dodô, Populares, Coruja e Centro.

Por telefone, o prefeito de Assaré, Evanderton Almeida (PSD), informou que, na noite de ontem, já estava tudo sob controle. “Passamos o dia trabalhando no atendimento das pessoas. Muitos foram para as casas de seus familiares. Estamos recebendo algumas pessoas no ginásio de uma escola daqui, oferecendo alimentação e guardando os pertences”, relatou.
Ainda de acordo com ele, a Defesa Civil do Estado estará hoje no Município para que sejam planejadas ações de segurança dos moradores. O prefeito diz que não houve vítimas e não especificou a quantidade de casas atingidas.

Além de Altaneira e Assaré, as chuvas mais significativas no período foram em Porteiras (87 mm), Missão Velha (74 mm), Ibaretama (56 mm), Santana do Cariri (51 mm), Pires Ferreira (51 mm), Redenção (50,4 mm) e Fortaleza (50 mm).

(Colaboraram Amanda Araújo e Amaury Alencar/Especial para O POVO)

Comentários
error: USE OS BOTÕES DE COMPARTILHAMENTO