Home / Sem categoria / Crateús: professores repudiam pedido de visto por parte do vereador Enivaldo Corisco

Crateús: professores repudiam pedido de visto por parte do vereador Enivaldo Corisco

Vereador Enivaldo Corisco. Foto: Facebook

Um dos assuntos abordados na sessão da Câmara Municipal de Crateús, ocorrida na noite desta quinta-feira (16), foi o projeto de reajuste de 7% dos salários dos professores de Crateús, o equivalente ao valor do piso salarial do Ministério da Educação – MEC. Na ocasião, o vereador Enivaldo Corisco (PPS) pediu visto do projeto, tendo que passar por outro processo com os vereadores e enquanto isso os professores não receberão o reajuste, que inclusive já foi aprovado pelo prefeito.

O Sindicato dos Professores marcaram uma assembleia geral, a partir das 19 horas desta sexta-feira (17), para tratar sobre o posicionamento dos Professores diante da não votação do reajuste salarial dos professores pela Câmara Municipal, posicionamento dos professores sobre a proposta de mudanças na lotação do ensino fundamental I e da Educação Infantil, e outros assuntos.

A presidente do Sindicato dos Professores de Crateús, Socorro Pires, taxou a ação do vereador como “Infeliz”, e diz que o Sindicato repudiou tal ato.

“A alegativa do vereador é que o projeto trata apenas de ajuste salarial. O projeto realmente é pra tratar exclusivamente disso, porque o projeto é para ajustar os salários dos professores, e ele está alegando que a secretária (de Educação) esteve ma tribuna desta casa na última terça-feira e disse que há mais de 200 professores fora da sala de aula. Ele não está entendendo pra quem é realmente o reajuste e quantos professores são”, disse a presidente sobre o ato do vereador.

O Site Sertões de Crateús não conseguiu contato com o vereador Enivaldo Corisco, estando a disposição para atualizar esta matéria com seus esclarecimentos.

Comentários
error: USE OS BOTÕES DE COMPARTILHAMENTO