Home / Sem categoria / Família de cearense grávida de oito meses aguarda resgate após passagem de furacão

Família de cearense grávida de oito meses aguarda resgate após passagem de furacão

A passagem do furacão Irma pelas Ilhas Virgens Britânicas deixou rastro de destruição e preocupação entre as famílias que aguardam informações dos parentes. A cearense Sylvia Guterres, 34, teme pela segurança da irmã mais nova, que mora em Tortola – ilha atingida nos últimos dias. Hosana, 30, grávida de oito meses, vive com o marido e a filha mais nova no território desde 2014.

O último contato com a irmã foi por meio de uma mensagem de texto, recebida 24 horas após o Irma na região. “Ela mandou SMS dizendo que estava bem. Depois do furacão, eles estão sem energia e sem qualquer acesso à internet. Todas as estradas estão bloqueadas, casas foram devastadas”, conta Sylvia, que acompanha os registros por meio de um grupo no Facebook.

Durante a noite de ontem, a família da cearense recebeu informações de um amigo, que mora em outra região e conseguiu visitar Hosana. “Ele mora mais embaixo da montanha e foi caminhando a pé até lá. Conseguiu ver que a casa dela está de pé, tem comida e água, mas ela precisa sair de lá o mais rápido possível. Os atendimentos não estão mais suficientes, estão tentando transferir os doentes”, afirma Sylvia.

Do Ceará, a família buscou contato com o consulado brasileiro na ilha de Barbados e com o Itamaraty. “Eles estão cientes e disseram que iam fazer o possível para tirá-la de lá. Nosso maior desespero foi ver as fotos de casas devastadas, indo ao chão. O prédio que o meu cunhado trabalha foi destruído. A gente conseguiu um voo, mas não conseguimos avisá-la”, relata.

Outro medo de Sylvia é a violência, com a escassez de recursos. “A situação está piorando, apesar de lá ser tranquilo, estamos tendo notícias de violência, de saques, porque as pessoas entram em desespero”, completa.

O governo dos Estados Unidos está monitorando os preços cobrados pelas companhias aéreas, e algumas empresas já colocaram limites de valores. Já o governo da França está enviando soldados e policiais para retomar a ordem nas ilhas Saint Martin e Saint Barts, no Caribe. Jose, novo furacão, aproxima-se da região.

Site: O Povo

Comentários
error: USE OS BOTÕES DE COMPARTILHAMENTO