Home / Sem categoria / Ações de controle da raiva em herbívoros reduz casos da doença nos Sertões de Crateús

Ações de controle da raiva em herbívoros reduz casos da doença nos Sertões de Crateús

A raiva é uma doença transmitidas dos animais para o homem e para que seja detectada é fundamental a participação do produtor rural na comunicação de animais do rebanho com sintomas da doença.

A raiva é uma doença viral de notificação obrigatória, infecciosa e que se caracteriza como uma zoonose que apresenta sintomatologia nervosa, com paralisia dos membros, movimentos de pedalagem, agressividade e convulsões. Esse ano tivemos uma grande mortalidade de animais na região, onde a partir de uma palestra realizada pela ADAGRI pudemos constatar que essa mortalidade poderia está sendo causada pela doença denominada Raiva dos Herbívoros. Onde a partir das orientações repassadas aos produtores rurais, foi possível diagnosticar animais positivos para raiva em diversas localidades de Crateús (Quirino, Barra do Sobradinho, Catingueiro, Sítio Escuro, Poty, Barro Vermelho) e também no município da Ipaporanga.

Após a confirmação do diagnóstico, foram realizadas diversas reuniões, entrevistas em rádio e repassadas orientações aos produtores sobre a vacinação que é o melhor meio de se evitar as perdas por essa doença. Desde do dia 29 de Setembro não tivemos nem um caso positivo para essa enfermidade.

A vacina contra raiva não é obrigatória, mas na nossa região aconselha-se que os produtores façam essa vacinação que deve ser feita uma vez por ano.

Por Dr. Francisco Cardoso, Fiscal Estadual Agropecuário da ADAGRI em Crateús

Comentários
error: USE OS BOTÕES DE COMPARTILHAMENTO