Home / Sem categoria / Cearense faz casamento em Las Vegas e gasta 5 vezes menos do que gastaria em Fortaleza

Cearense faz casamento em Las Vegas e gasta 5 vezes menos do que gastaria em Fortaleza

Nada mais legal do que economizar em tempos de crise, não é mesmo? Esse também foi o pensamento do cearense Geraldo Scott, de 30 anos de idade, quando estava noivo de Stephanie Scott, de 28 anos.

Os dois se viram num impasse gigantesco na hora de decidir sobre o casamento. Isso porque ele é um cearense judeu e empresário e ela uma cristã e residente de medicina nos Estados Unidos. A família dele toda residente no Brasil e a dela fora. Pensem na complicação…

Eis que o noivo tem a brilhante ideia de celebrar esse momento em Las Vegas justamente porque os Estados Unidos é conhecido como um país fácil de oficializar um matrimônio pois tem menos burocracia que qualquer outro lugar. Eles se casaram em Fortaleza, no civil, e foram para a cidade dos cassinos juntamente com os amigos mais próximos.

Financeiramente falando, saiu algo em torno de 20 mil reais para o casal onde está incluso nesse valor: hospedagem de nove dias, as passagens de avião, o aluguel da capela onde foi realizado o casamento e o DVD e o CD com todas as fotos da cerimônia. Segundo o empresário esse valor seria de até 5 vezes mais se o casamento fosse realizado em fortaleza.

Las Vegas

Situada no estado da Nevada, Las Vegas é um dos destinos mais procurados pelos noivos e também pelos fãs de cassino.

A cidade é conhecida pelos jogos de black jack, poker, slots, roleta e todos aqueles jogos de azar que movimentam os cassinos. Além disso ela também é mundialmente conhecida como a capital dos casamentos justamente pela facilidade que todos os noivos encontram de se casar lá. Pesquisas feitas apontam que o número de casamentos realizados na cidade é em torno de 120 mil por ano. Esse é um número realmente muito alto!

O vestido da noiva

Um dos fatores mais importantes e mais comentados nos casamentos é, sem dúvida, o vestido de casamento. Agora imagina ter que se preocupar com o vestido e ainda em como ele chegará no casamento, afinal não se trata de uma viagem entre cidades, estamos falando de sair do Brasil e ir para os Estados Unidos com um vestido enorme.

A noiva foi fazer o embarque e pretendia levar o vestido como bagagem de mão para a proteção da peça. Mas, os agentes do aeroporto disseram que a roupa era demasiado grande para carregar no avião e que teria que ser despachado como bagagem normal.

O desespero da noiva foi tanto, pois o vestido se estragaria com a viagem, que os agentes se solidarizaram e abriram uma excessão para que o vestido fosse juntamente com os noivos no avião.

Com certeza esse casal tem, até hoje, muitas histórias para contar dessa aventura inesquecível.

(Tribuna do Ceará)

Comentários
error: USE OS BOTÕES DE COMPARTILHAMENTO