Home / Sem categoria / Detento tauaense encontrado morto em cela da Cadeia de Novo Oriente

Detento tauaense encontrado morto em cela da Cadeia de Novo Oriente

 O tauaense Rêmulo Alves Moreira, 22 anos, conhecido por “Gêmeos”, foi encontrado morto na madrugada desta segunda-feira, 20, em uma das celas da Cadeia Pública de Novo Oriente.

Rêmulo era preso da Justiça da Comarca de Tauá respondendo por tráfico de drogas e há dois dias tinha sido transferido para Novo Oriente, pois estava sendo ameaçado de morte por rivais.

Na madrugada de hoje (20), agentes penitenciários da Cadeia de Novo Oriente encontraram o detento sem vida no interior de uma das celas. Segundo a Perícia Forense, o corpo apresentava sinais de enforcamento.

A Polícia investiga se Rêmulo praticou o suicídio ou se foi assassinado.

A prisão 

Remulo tinha sido preso pelo BPRaio, no dia 23 de julho deste ano na localidade de Várzea da Serra no Distrito de Marruás, quando portava drogas, e desde então, era ameaçado por membros de facções que se encontram presos no presídio desta cidade e por causa dessas ameaças tinha sido transferido para Novo Oriente. O corpo de Remulo deu entrada no IML de Tauá nesta madrugada.
  
Irmão assassinado 

Em março deste ano, um irmão de Remulo, o Remo Alves Moreira, também conhecido popularmente por “Gêmeos”, foi assassinado à tiros, fato acontecido na Rua Bibiana Pereira, no Bairro Alto Brilhante.

 Repórter Lindon Johnson

Comentários
error: USE OS BOTÕES DE COMPARTILHAMENTO