Home / Sem categoria / Justiça concede limitar para desobstrução do lixão de Crateús

Justiça concede limitar para desobstrução do lixão de Crateús

Cidade acumula lixo nas ruas após ocupação do MST no lixão municipal

Após ação ingressada pela Procuradoria do Município de Crateús, a justiça concedeu liminar desobstrução do terreno onde são despejados resíduos sólidos do município em um prazo de 24 horas, localizado na CE 469, zona rural do município. A liminar foi assinada pelo Juiz da Comarca de Crateús, Dr. Bruno dos Anjos.

O terreno estava ocupado desde o dia 6 deste mês, por integrantes do MST, que estariam embaraçando o acesso do carros coletores, impossibilitando o regular desenvolvimento do serviço público de limpeza, pois os caminhões estavam impossibilitados de despejar no terreno.

Ainda sobre as manifestações, a procuradoria do município afirma entender como legitima toda e qualquer manifestação de movimentos sociais, desde que não impeça ou prejudique a prestação de serviços públicos de interesse de toda a coletividade.

Acúmulo de lixo na cidade


Durante todo o período de ocupação, a falta de coleta resultado do movimento causou um acúmulo de lixo nas ruas, o que contribuiu, para a ação de animais, como cachorros, que rasgaram os sacos plástico, o que espalhou mais ainda lixos em algumas ruas.

Repórter: Nathan Loyola

Facebook Comments
error: Use o link do post para compartilhar!