Home / Sem categoria / Novo Oriente: Justiça determina que Orlando Anchieta volte ao cargo de Conselheiro Tutelar

Novo Oriente: Justiça determina que Orlando Anchieta volte ao cargo de Conselheiro Tutelar

Orlando Anchieta. Foto: Facebook

Na terça-feira (18) às 09h, na sala de audiências da Vara Única da Comarca de Novo Oriente, realizou-se a audiência envolvendo o conselheiro tutelar afastado da função, Orlando Anchieta, onde foram ouvidas 6 testemunhas de acusação, 6 testemunhas de defesa de outro suspeito, bem como como 4 testemunhas de defesa de Orlando.

A audiência foi marcada após o Ministério Público do Ceará ter deflagrado denúncia no dia 11/07 deste ano, contra Orlando Anchieta, sendo suspeito de ter supostamente praticado prevaricação e coação no curso de investigações envolvendo um caso de estupro, e no decorrer das investigações, foi solicitado a decretação da medida cautelar de suspensão do exercício da função pública exercida de conselheiro tutelar.

Em ato contínuo, o Juiz de Direito da Vara Única da Comarca de Novo Oriente recebeu a denúncia ofertada pelo Ministério Público e decretou o afastamento do exercício da função de conselheiro tutelar e a sua intimação para apresentar defesa.

Orlando apresentou defesa e em seguida fora designada a audiência para oitiva do réu, das testemunhas de defesa e de acusação. Ao término da audiência, corroborando com a manifestação do Ministério Público, o Juiz julgou procedente o pedido realizado pela defesa, decretando o imediato retorno do conselheiro ao cargo.

O caso envolvendo o comunicador ganhou repercussão na região, relembre a matéria publicada na época.

Repórter: Nathan Loyola, com informações de Gonçalinho Rodrigues

Facebook Comments
error: Use o link do post para compartilhar!