Home / Sem categoria / Municípios dos Sertões de Crateús poderão perder quase 40 médicos cubanos

Municípios dos Sertões de Crateús poderão perder quase 40 médicos cubanos

Com o anúncio do Ministério da Saúde Pública de Cuba da não renovação do programa Mais Médicos em que o país caribenho fornece médicos nativos para atenderem municípios brasileiros, cerca de 36 médicos que atendem municípios dos Sertões de Crateús poderão voltar ao país de origem.

A lista abaixo exibe o número de médicos que atendem os respectivos municípios da região:

  • Crateús 7
  • Novo Oriente 2
  • Ipaporanga 1
  • Independência 5
  • Ararendá 3
  • Nova Russas 4
  • Poranga 4
  • Monsenhor Tabosa 4
  • Ipueiras 6

A decisão do país caribenho se deu após Bolsonaro questionar a preparação dos especialistas e condicionar a permanência no programa a um teste de capacidade por meio do Exame Nacional de Revalidação de Diplomas Médicos (Revalida). Além disso, Bolsonaro impôs a contratação individual.

O Ministério da Saúde do Brasil anunciou nesta quarta-feira (14) que vai lançar um edital nos próximos dias para médicos que queiram ocupar as vagas que serão deixadas pelos profissionais cubanos que integram o programa Mais Médicos.

“Será respeitada a convocação prioritária dos candidatos brasileiros formados no Brasil seguida de brasileiros formados no exterior”, diz a nota encaminhada à imprensa na tarde de quarta-feira (14).

Repórter: Nathan Loyola
Foto: internet

Comentários
error: USE OS BOTÕES DE COMPARTILHAMENTO