Confirmado caso de morte por H1N1 em Nova Russas; coordenadora de vigilância afirma que não é motivo de alarme

Um caso de morte por vírus H1N1 foi confirmado nesta segunda-feira (10) pela Coordenadora de Vigilância em Saúde do município de Nova Russas, Gabriela Farias.

De acordo com Gabriela, a vítima foi um homem e o óbito ocorreu na semana passada, dentre dois casos registrados de vítimas com síndrome respiratória.

O caso de óbito, de acordo com a coordenadora, foi constatado via exame laboratorial.

A coordenadora afirma que tal caso não é de alarme para a população, “porque quem é do público alvo já é pra estar vacinado, quem não está vacinado realmente é porque não procurou as unidades básicas de saúde”, afirmando ainda que as vítimas não haviam procurado as unidades de saúde, sendo que a vítima não aceitou vacina e não resistiu.

“Se a pessoal realmente se descuidar a gripe vai agravar e pode levar a óbito”, disse.

A entrevista com a coordenadora foi concedida ao repórter Edilson Paiva, da Rádio Timbaúba FM.

NATHAN LOIOLA

Facebook Comments
error: USE OS BOTÕES DE COMPARTILHAMENTO