Home / Crateús / Seminário Mulheres das Águas acontecerá em Crateús

Seminário Mulheres das Águas acontecerá em Crateús

O Primeiro Seminário Oficial das Mulheres das Águas acontecerá nos dias 07 e 08 de novembro, em Crateús, no Centro de Treinamento Dom Fragoso e vai se configurar como uma arena onde pescadoras de água doce e pescadoras do litoral se encontram para construir e partilhar consciência política, diferentes modalidades de articulação e experiências de luta pelos próprios direitos.

A facilitação do seminário vai ser toda feminina, contando com a presença de Camila Batista, educadora popular da CPP (Conselho Pastoral dos Pescadores), Ormezita Barbosa de Paulo da Assessoria Nacional do CPP, da doutora Vanira Matos Pessoa da Fiocruz e vai ser coordenada pela equipe do projeto Pescadores e Pescadoras Artesanais Construindo o Bem Viver, realizado pela Cáritas Diocesana de Crateús em parceria com o Conselho Pastoral de Pescadores Regional Ceará, e a CISV, co-financiado pela União Europeia e Conferenza Episcopale Italiana. Como o projeto está focado no objetivo de estimular a leitura crítica da realidade, renovar os quadros das colônias e associações com, sobretudo, a entrada de mulheres pescadoras nos corpos dirigentes, este momento de encontro e partilha entre grupos de mulheres das águas vai ser fundamental para construir uma reflexão crítica sobre a situação atual da pesca no Nordeste e pavimentar os possíveis caminhos de luta e resistência.

Com um público composto por grupos de pescadoras de águas continentais e do litoral e agricultoras, o evento inclui um momento de cuidados e práticas integrativas, aprofundando com teoria e experiências práticas a temática do Bem Viver.

O seminário vai ser também a ocasião para o primeiro lançamento oficial no Brasil do documentário Pescadoras de Sonhos, realizado por Lorenza Strano, comunicadora da Cáritas de Crateús; o documentário se apresenta como um testemunho da vida no beiço das águas onde as pescadoras de Novo Oriente e Aiuaba relatam dificuldades, desafios e satisfações que caracterizam a vivência da pesca artesanal no Semiárido Brasileiro.

Para mais informações Clique Aqui

Facebook Comments
error: USE OS BOTÕES DE COMPARTILHAMENTO