Home / Destaques / Cearense de Crateús que mora na Itália relata preocupação com conterrâneos
Itália já soma quase 5 mil mortos. (Foto: arquivo pessoal)

Cearense de Crateús que mora na Itália relata preocupação com conterrâneos

A crateuense Aline, que reside há anos reside na Itália, está mais de dez dias em isolamento em sua residência, usa as redes sociais para demonstrar preocupação com seus conterrâneos.

“Se acontecer no Brasil o que está acontecendo aqui, aí vai ser muito pior. Os assintomáticos são os mais perigosos, eles não sabem que tem o vírus, e contagiam dezenas e centenas de pessoas. Infelizmente a esta altura a gente não sabe mais quem está infectado ou não”, declarou a reportagem na última sexta-feira, 20.

Desde o início da crise no país, que começou no fim de fevereiro, já são 4.825 óbitos.

NATHAN LOIOLA

Comentários
error: USE OS BOTÕES DE COMPARTILHAMENTO