Home / Destaques / Candidato derrotado em Nova Russas cobra de volta dinheiro e cimento dado a eleitor

Candidato derrotado em Nova Russas cobra de volta dinheiro e cimento dado a eleitor

Embora ilegal, a troca de votos por bens, dinheiro ou favor parece que já se tornou uma prática naturalizada no Brasil. Em Nova Russas, o que soou de forma cômica foram as declarações de Chico Martins. Após a derrota dele e do candidato a prefeito que ele apoiava, o candidato do PP ameaçou tomar materiais doados a eleitores, que teriam sido entregues como forma de compra de votos.

Os áudios de Chico ganharam os grupos de WhatsApp da cidade e região. Em uma das gravações, o candidato retorna à uma eleitora após uma suposta investigação realizada por ele. Na ocasião, Chico foi enfático ao exigir os seus oito sacos de cimento de volta.

 “Eu acabei de descobrir que o seu pai votou foi no Chico do Edgard e a sua mãe também não votou em mim. Mande ajeitar porque eu vou mandar buscar os meus oito sacos de cimento. Bote na calçada, que não quero nem olhar para eles. De gente covarde, eu quero distância.” 

Após receber o resultado das urnas, com apenas 139 votos, Chico gravou um novo áudio, enfatizando sua revolta e indignação. Em mais uma declaração, o candidato demonstra não abrir mão do cimento perdido. “Só se Deus me tirar daqui para o final de semana, mas eu vou buscar”, disparou inconformado.

Chico Martins não ficou sem resposta. Uma eleitora, que não se identifica nos áudios, devolve as declarações e, ainda por cima, destrincha artigos da legislação eleitoral. De acordo com as declarações da mulher, o dinheiro e o cimento também seriam em troca de votos a Pedro Ximenes (MDB), candidato a prefeito derrotado em Nova Russas.

 “Tu me deu R$ 165 para ter três votos. Meu esposo, meu filho e eu votamos em ti o no teu prefeito, o 15 (Se referindo ao candidato Pedro Ximenes). E rapaz, se tu tá nessa brigadeira (sic) toda por esse dinheiro, tu passa lá em casa que eu te devolvo. Me comprometi em votar no teu prefeito, que perdeu você e ele. Sou pobre, mas não ando brigando por mixaria, não, viu. Coisa feia, rapaz.”

A Notícia do Ceará

Comentários
error: USE OS BOTÕES DE COMPARTILHAMENTO